O perfeccionismo pode ser uma grande armadilha!

From Imgur

Pessoas que impõe padrões muito elevados para atingir seus objetivos, tendem a serem rígidas, obsessivas e muito resistentes  a críticas e obviamente tampouco aceitam falhas alheias também.

Essa busca pela perfeição pode levar à inflexibilidade e com esta postura, é inevitável passar por frustrações no processo do ideal a ser atingido. .

A rigidez impede a visão para outras possibilidades a cada nova circunstância enquanto que a flexibilidade lhe permite manobras que facilitam o caminho para chegar aos resultados esperados.

A tendência de padrões excessivamente elevados do perfeccionismo é um risco para o desenvolvimento de psicopatologias, tais como a depressão, insônia, perturbações da ansiedade e do comportamento alimentar, pois contribui para o aumento da severidade dos sintomas. Ou seja, um prejuízo à saúde e à qualidade de vida.

Estas pessoas são incapazes de sentir prazer com seu próprio desempenho, tem dificuldade em exercer autoreconhecimento, refazem várias vezes uma mesma tarefa ou atividade, por acreditar nunca alcançar o nível desejado de excelência. Com isso acabam gerando baixa autoestima.

Relacionamentos são especialmente vulneráveis a este comportamento autodestrutivo, pelo alto grau de exigência na convivência. Impacientes e controladores, alguns chegam a evitar ou mesmo excluir pessoas que não atendam aos padrões estipulados por eles, principalmente no trabalho, onde o teor de suas cobranças podem gerar muita pressão e ansiedade.

É importante ressaltar que é possível distinguir entre o perfeccionismo saudável e o perfeccionismo exacerbado. Quando o perfeccionismo está associado a padrões realistas na busca de seus objetivos, consciente de suas potencialidades e limitações, o individuo sente-se realizado com seu desempenho dentro das metas pré-estabelecidas, de acordo com o que é cabível em cada situação, encontrando assim um perfeccionismo saudável.

Por fim… O padrão comportamental perfeccionista está associado à intolerância ao erro, com exigências muito elevadas de desempenho e pode estar relacionada a uma historia de vida, onde a pessoa aprendeu a se reconhecer em seus erros e não em seus acertos. O grande desafio é reconhecer o impacto negativo deste comportamento em sua vida; saúde e bem-estar e aprender a conviver com os níveis reais de imperfeições que fazem parte da evolução humana e do mundo real.

Um forte abraço,

Gleise

Anúncios
Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Auto Conhecimento, Saúde

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: