Longevidade – com equilíbrio você chega lá!

“A pior ambição de um homem é desejar colher na vida frutos daquilo que ele nunca plantou.”                                               Augusto Branco

Longevidade1

Todos os dias fazemos escolhas que afetam nossa saúde e nosso ritmo de envelhecimento. Praticar exercícios físicos regularmente, boas escolhas alimentares, distanciamento do fumo e do álcool, auto-estima elevada, vida social saudável e relacionamentos gratificantes são medidas fundamentais para retardar nosso processo de  envelhecimento. 

Viver com qualidade é o que faz a diferença entre o tempo cronológico e o biológico. A prevenção anti-envelhecimento tem a finalidade de fazer com que as pessoas tenham uma longevidade saudável. Somente 30% dependem de nossa genética. Os outros 70% dependem das mudanças em nosso estilo de vida.

Envelhecer não significa adoecer. Quanto maiores os cuidados com a saúde, melhores serão as condições com que se chegará lá. É inevitável o avanço dos anos, mas eles podem ser longos e cheio de vitalidade.

Para uma saúde plena é necessário que se tenha atitudes multidisciplinares que são à base da prevenção, tais como :

UMA BOA NOITE DE SONO

Dormir e principalmente dormir bem é fundamental para a conservação de nossa saúde. Durante o sono produzimos hormônios que desempenham papeis vitais no funcionamento de nosso organismo. O sono restaura os desgastes naturais ocorridos durante as várias horas em que ficamos acordados. Em média, necessitamos diariamente de 7 a 8 horas de sono. Do contrário, prejudicamos uma grande variedade de processos metabólicos, fundamentais para o equilíbrio de nosso corpo.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Ao longo da vida passamos por diferentes fases. Cada fase exige um cuidado especial que deve ser levado em conta, uma vez que as necessidades nutricionais são diferentes em cada estágio de nosso desenvolvimento natural.

Para manter nossa saúde em dia, precisamos ter consciência de que uma dieta equilibrada tem muita influência em nossa capacidade física e emocional. A má alimentação pode causar grandes degenerações, comprometendo a saúde e o bem estar.

Uma alimentação balanceada pode ser facilmente observada pela variedade de cores em seu prato, representada pela combinação   de vitaminas e minerais, nutrientes essenciais para um bom funcionamento do organismo.

Cuidado com os excessos!

Os líquidos durante as refeições, principalmente as bebidas gaseificadas, dificultam o processo químico da digestão e provocam a dilatação do estômago, retardando a sensação de saciedade. O momento de consumo ideal é de ½ hora antes e 1 hora após as refeições.

Os açúcares são deliciosas fontes de energia. Mas quando ingeridos em excesso, causam inflamação, oxidação e envelhecimento precoce além dos quilinhos a mais que estocamos.

Outros alimentos que devem ser consumidos com moderação são as carnes vermelhas, embutidos, laticínios e alimentos industrializados. Estes prejudicam o bom funcionamento do aparelho digestivo, favorecendo o acumulo de toxinas e o surgimento de doenças degenerativas.

Evite ficar longos períodos sem se alimentar. Pequenos lanches no intervalo das principais refeições aceleram o metabolismo, fornecendo energia e disposição. Para isso basta comer uma fruta, um iogurte ou uma barra de cereais.

Comer é um dos prazeres da vida. Mas lembre-se que moderação é a chave para o equilíbrio.

ATIVIDADE FÍSICA

Nosso corpo é uma maquina que não pode e não deve ficar parada. Como qualquer máquina, precisa trabalhar, estar em movimento para não correr o risco de enferrujar ou emperrar. O movimento corporal é um grande aliado na manutenção e prevenção da saúde.  Não estou dizendo aqui que você precisa se tornar um atleta, com horas intermináveis de exercícios. Estou sugerindo que abandone o sedentarismo e leve uma vida mais ativa, Movimente-se, de preferência com prazer; levando seu cachorro para passear, fazendo caminhadas pelo bairro, andando de bicicleta, nadando, correndo, saindo para dançar, evitando elevadores e subindo alguns degraus de escada. Tais mudanças com certeza só lhe farão bem.

O resultado dessa mudança de atitude é torna-lo mais resistente às doenças, proporcionar mais vigor físico, diminuir o estresse e a possibilidade de depressão, deixa-lo mais  autoconfiante.

Para ser saudável é preciso ter qualidade de vida, que é muito mais do que simplesmente uma boa saúde física ou mental. É estar de bem com você mesmo, com a vida, com as pessoas queridas, ter bons relacionamentos, saber equilibrar vida pessoal e profissional e ter um tempo para o lazer e a saúde espiritual. Enfim é estar em equilíbrio.

Grande abraço,

Gleise

Anúncios
Marcado com: , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Auto Conhecimento, Saúde
2 comentários em “Longevidade – com equilíbrio você chega lá!
  1. Adriana disse:

    Sigo a risca sempre! 🙂

    Curtir

  2. Gleise Bini disse:

    Oi Dri! É isso ai! Com sua disciplina tenho certeza de que chegará lá! bj.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: